top of page

Gabriel Pecly faz Grand Chelem na 1ª Bateria e Guilherme Moresco da aula de defesa de posição na 2ª

Uma corrida marcada por grandes disputas e interferência do Safety Car modifica segunda bateria

Logo GRIDBURN re22jjjjjd_edited.png

Reportagem: Brian Castiglioni
Imagem: Vinicius Borghi

2 de mar. de 2022

Em mais um 4fun de pré-temporada, realizado pela Grid Seven Automobilismo Virtual, contou com um grid cheio de pilotos muito competitivos fazendo uma corrida de alto nível.

A corrida realizada, com o intuito de simular o que seria uma etapa completa do campeonato G7 Lancer RS.



Classificação:


Uma classificação muito apertada com uma diferença de 0,112 do primeiro para o 4º colocado, tendo Gabriel Pecly marcando a poli position com o tempo de 1:33.289.


1º Gabriel Pecly – 1:33.289

2º Jackson de Souza – 1:33.372

3º Guilherme Moresco – 1:33.394

4º Gui Pozzi – 1:33.401

5º Cleber Riboni – 1:33.610

6º Gustavo Alves – 1:33.815

7º Cristiano Possobon – 1:34.481

8º Santhiago Marinho – 1:34.850

9º Matheus Borato – 1:34.928

10º Italo Borato – 1:34.928

11º Guilherme Hauser – 1:35.387

12º Davi Kuhn – 1:35.413

13º Pedro Gondim – 1:35.495

14º Ruan Rodrigues – 1:36.600

15º Emir Vieira – 1:37.052

16º Ricardo Almeida – 1:40.989

17º Ike Ramos – S/T

Fonte: Live Racers (https://gridsevenav.liveracers.com/Results/Result/e64f83e7-30bd-4111-89b3-c9278ae2db69)



1ª Bateria:

Um dos grandes destaques da 1ª bateria foi o piloto Ike Ramos que largou da última posição e terminou em terceiro lugar na corrida terminando por subir ao pódio ganhando incríveis 14 posições.


Mas o grande destaque da bateria foi o piloto Gabriel Pecly que dez um Grand Chelem, largando da poli, fazendo a volta mais rápida da corrida e vencendo a primeira etapa, sem ser ameaçado em nenhum momento durante a bateria, liderando de ponta a ponta.


Destaque ainda para o piloto Gustavo Alves que largou da 6ª posição e ganhando 4 posições terminou em segundo lugar, executando belas ultrapassagens durante a corrida e terminando por participar da festa do champanhe.


Resultado:

1º Gabriel Pecly – 27:29.446

2º Gustavo Alves – +6.718

3º Ike Ramos – +7.146

4º Guilherme Moresco – +10.495

5º Gui Pozzi – +12.324

6º Davi Kuhn – +31.628

7º Matheus Borato – +47.781

8º Cleber Riboni – +50.065

9º Ruan Rodrigues – +51.127

10º Jackson de Souza – +53.503

11º Guilherme Hauser – +55.803

12º Santhiago Marinho – +1:05.902

13º Emir Vieira – +1:20.137

14º Ricardo Almeida – +1L

15º Italo Borato – +2L

16º Cristiano Possobon – DNF

17º Pedro Gondim – DNF

Fonte: Live Racers (https://gridsevenav.liveracers.com/Results/Result/d5097f24-46df-4d5d-bb16-9ea03fb478f5)



2ª Bateria:


Com a inversão do grid dos 8 primeiros da primeira bateria para a segunda, e o abandono de Cleber Riboni, com problemas de conexão, acabou sobrando para Matheus Borato largar de cara para o vento na primeira posição, ele que terminou em sétimo lugar e largou em primeiro na segunda bateria, acabou por se envolver em um incidente logo na primeira volta, caindo para 4º lugar, depois acabou por abandonar a prova por problemas de conexão.


A segunda bateria foi marcada por um Safety Car logo na primeira volta, com um acidente na primeira curva, fazendo com que toda a corrida fosse modificada, tendo pilotos que conseguiram concluir a bateria sem precisar parar nos boxes. Transformando por completo a corrida e trazendo muita emoção e imprevisibilidade na bateria.


Depois de um excelente trabalho da direção de prova, foi dada a relargada para a corrida, dando início a disputas incríveis durante dota a bateria. Em uma corrida muito apertada o grande destaque ficou para o piloto Guilherme Moresco, que largou da quarta posição e na primeira curva já estava em 1º lugar, e foi defesa de posição atrás de defesa de posição logo após a saída do Safety Car. Dando uma verdadeira aula de defesa de posição, e uma disputa intensa com os pilotos, Ike Ramos, que acabou por terminar na segunda posição, Gui Pozzi em terceiro e Gustavo Alves em quarto lugar. Esses 4 pilotos ficaram alternando de posição durante toda a corrida atrás de Guilherme, mas ninguém conseguiu superar o piloto.


Destaques para Italo borato que teve problemas na primeira etapa, largando lá de trás na segunda e terminando em quinto lugar ganhando incríveis 10 posições no grid. E destaque para Gustavo Alves que cravou a volta mais rápida da bateria com 1:33.604 terminando na 4ª posição.


Os pilotos Gabriel Pecly e Jackson de Souza que acabou por largar dos boxes da segunda bateria, travaram uma batalha dura durante toda a bateria e chegaram a entrar na briga com os 4 primeiros, porém tiveram que parar nos boxes e terminaram em 6º e em 7º, Jackson ganhando 8 posições.


Resultado:

1º Guilherme Moresco – 26:39.427

2º Ike Ramos – +0.891

3º Gui Pozzi – +1.480

4º Gustavo Alves – +28.178

5º Italo Borato – +29.947

6º Gabriel Pecly – +30.165

7º Jackson de Souza – +32.566

8º Guilherme Hauser – +47.336

9º Santhiago Marinho – +57.318

10º Emir Vieira – +1:51.956

11º Ricardo Almeida – +1L

12º Ruan Rodrigues – DNF

13º Matheus Borato – DNF

14º Cristiano Possobon – DNF

15º Davi Kuhn – DNF

Fonte: Live Racers (https://gridsevenav.liveracers.com/Results/Result/110334a5-7624-469d-a249-487af30130c0)



Punições:


Não houve punições na corrida

contato_edited.png
bottom of page